Num jogo eletrizante e onde estivemos a maior parte do tempo a jogar com uma equipa que tinha uma atleta sempre dentro da sua área restritiva, a nossa equipa revelou um espírito de combatividade muito grande para conseguir levar de vencida a equipa do Estoril Basket.

Acreditar até ao fim foi determinante mesmo quando as coisas não nos estavam a correr bem, para nos segundos finais ter a paciência e arte de conseguir uma penetração que só foi parada em falta, e da linha de lance livre justamente tivemos o prémio de conseguir converter os dois lances livres decisivos, selando uma vitória muito difícil e saborosa.

No final, C.B. Tavira 21-19 Estoril B.C..

 

f