No próximo dia 23 de abril realizar-se-á uma reunião extraordinária da Assembleia Geral do clube. Compareça.

 

Hoje de manhã, 14 de Abril, o nosso clube organizou o segundo convívio de minibásquete da presente época.

Para além de recebermos novamente o Ginásio, tivemos a oportunidade de jogar, no nosso pavilhão, com os nossos amigos do Colégio Bernardette Romeira e do CB Albufeira.

Foi um convívio com um excelente ambiente, dentro de campo e nas bancadas, onde tivemos ainda o prazer de receber a visita e a ajuda do Diretor Técnico Regional, bem como do presidente da Associação de Basquetebol do Algarve.

Como ponto alto do nosso clube neste convívio, tivemos a estreia de mais um atleta, o mini-8 Gabriel. Esperemos que tenha sido o primeiro de muitos para ele.

Mais uma vez devemos agradecer aos pais dos nossos atletas, cujo contributo tem sido crucial para que estes eventos sejam um sucesso.

 

 

 

 

 

 

Neste domingo, 18 de março, os nossos sub18 receberam os Bonjoanenses, principal candidato a vencer a Taça Algarve.

Num jogo em que os visitantes eram claramente favoritos, os Bonjoanenses confirmaram as expectativas, construindo uma diferença de 15 pontos logo no 1.º período. No entanto, os nossos jovens, que têm vindo a demonstrar um franco crescimento na qualidade do seu basquetebol, entraram melhor no segundo período, equilibrando o jogo, terminando a primeira parte a perder por 20 pontos.

Uma forte entrada no 3.º período, confirmando a subida de forma dos nossos atletas, permitiu uma aproximação no marcador, fazendo com que a diferença chegasse aos 13 pontos. Porém, nos últimos 5/6 minutos deste período assistiu-se a uma fase de muito desacerto da nossa equipa, com muitas perdas de bola e um deficiente ressalto defensivo, o que permitiu à equipa visitante entrar no último período com uma vantagem de 37 pontos no marcador, algo que sentenciou o jogo.

Mesmo sabendo o jogo perdido, a nossa equipa não baixou os braços, vencendo o último período, ficando o marcador em 59-95.

A competição voltará daqui a sensivelmente um mês, quando recebermos o Quarteira Tubarões, a 14 de abril.

 

 

 

 

No sábado, 17 de março, os nossos mini12 terminaram a sua participação na edição 2017/2018 do Torneio Distrital do escalão. Faziam-no frente ao Portimonense, equipa que com uma vitória neste jogo ficaria campeã da competição. Os nossos jovens atletas tinham ainda a possibilidade de, com uma vitória, terminar no 3.º lugar, algo que poderia já ser uma realidade, não fora as duas derrotas resultantes de apresentarmos um número de atletas inferior ao permitido.

Sabíamos que iria ser um jogo difícil, perante uma excelente equipa, no entanto, a derrota por somente 13 pontos em Portimão e as três vitórias consecutivas no campeonato, com boas exibições, davam alguma esperança num resultado positivo.

Porém, a defesa agressiva do Portimonense e a superioridade dos seus atletas nas tabelas, ganhando uma esmagadora parte dos ressaltos, transformou um jogo que poderia ser difícil, numa vitória inequívoca dos visitantes.

Depois de um primeiro período em que ainda houve algum equilíbrio, o Portimonense embalou, de tal modo que, pela primeira vez esta época, no final do 5.º período, o marcador foi fechado numa derrota da nossa equipa, visto as visitantes terem conseguido uma diferença de 50 pontos, fixando o resultado em 6-56.

No entanto, os nossos atletas estão de parabéns, porque nunca deixaram de dar o seu máximo, mesmo perante a diferença no marcador, demonstrando que ainda irão dar muitas alegrias aos apoiantes do nosso clube.

Ficam ainda os parabéns à equipa campeã, que foi uma digna vencedora, demonstrando qualidade e desportivismo, uma combinação sempre agradável de observar.

Por fim, os parabéns aos apoiantes das duas equipas presentes nas bancadas que, com as suas músicas de apoio abrilhantaram a festa, e demonstraram que é possível conviver agradavelmente com os apoiantes da equipa contrária, dando um excelente exemplo aos jovens atletas.

 

 

 

 

 

Já ninguém se lembra da última vez que os nossos mini8/10 foram a Quarteira. Mas aconteceu, neste domingo, 11 de Março, em que tivemos a sorte e o prazer de visitar os nossos amigos Tubarões, participando no convívio por eles organizado.

Foi um convívio com algumas baixas, onde só participamos com 8 atletas, no entanto, quase todos tiveram a sorte de ter os seus pais a assistir, naquilo que foi uma verdadeira festa do minibásquete.

Apesar de poucos, demonstramos muita qualidade, frente às boas equipas dos clubes presentes onde, para além da equipa da casa, tivemos o prazer de ter a companhia dos nossos amigos dos Bonjoanenses, do Farense e do Imortal.

Queremos deixar aqui um agradecimento especial aos pais, sem os quais não teríamos podido ir, e aos Tubarões de Quarteira, que bem organizaram o convívio.

 

 

 

 

 

 

Neste sábado, 10 de Março, os nossos mini-12 receberam a sua congénere de Ferragudo, uma bela equipa que na primeira volta nos tinha vencido por esclarecedores 21 pontos de diferença.

No entanto, desta vez a história foi diferente. Não tendo havido praticamente jogadores indisponíveis, algo raro nesta época, podemos apresentar uma forte equipa composta por 12 atletas. Com uma divisão de tempo de jogo equilibrado entre todos, os nossos atletas foram, naturalmente e calmamente, cavando um fosso no marcador, que culminou numa vitória por 49-19.

Apesar da diferença no marcador, as duas equipas estão de parabéns, porque deram sempre o seu máximo e tiveram um comportamento desportivo irrepreensível.

 

Neste sábado, 24 de Fevereiro, realizou-se o primeiro convívio de minibásquete de 2018 em Tavira.

Tivemos o enorme prazer de receber os nossos amigos dos Bonjoanenses, Farense e Ginásio, numa excelente manhã de bom e intenso basquetebol.

Podemos ainda viver a estreia do nosso atleta Martim, algo que nunca se esquece.

Agradecemos e damos os parabéns à atitude dos muitos familiares e amigos dos atletas presentes em campo. Um agradecimento especial aos familiares e amigos dos nossos atletas, que muito contribuíram para que o convívio fosse um sucesso.

 

 

 

 

 

Neste sábado, 27 de Janeiro, os nossos miniatletas foram a Olhão pela quarta vez esta temporada, desta feita ao Colégio Bernardette Romeira.

Foi um excelente convívio, onde os nossos atletas se portaram muito bem. Apesar de só termos seis atletas disponíveis, dois dos quais mini8, participamos nos jogos de mini10, deixando uma excelente imagem daquilo que somos capazes de fazer.

Para além da equipa da casa, tivemos ainda o prazer de jogar com os nossos amigos dos Farense.

Com muitos pais na bancada, o bom ambiente foi, mais uma vez, o denominador comum que faz dos convívios de minibásquete momentos muito especiais e um excelente exemplo do que deve ser o desporto.

 

 

 

 

 

 

Neste sábado, 20 de Janeiro, os nossos miniatletas participaram no primeiro convívio de minibásquete de 2018.

Viajaram até Olhão para, mais uma vez, participar num convívio organizado pelos nossos amigos do Ginásio.

Para além da equipa da casa, tivemos ainda o prazer de jogar com os nossos amigos dos Bonjoanenses e dos Tubarões de Quarteira.

Foi uma manhã bem passada num convívio bem organizado, onde os nossos mini8 puderam ainda efetuar um jogo misturados com atletas de outros clubes, numa demonstração de que o minibásquete ultrapassa a fronteira dos clubes.

Para a semana voltamos a Olhão, desta vez para visitarmos o Colégio Bernardette Romeira.

 

 

 

 

 

 

 

No dia 16 de dezembro, sete atletas sub14 foram até Estoi jogar com um dos adversários mais fortes do seu grupo. Era um momento especial porque, pela segunda vez, iriam reencontrar o seu antigo treinador, agora ao serviço dos Bonjoanenses.

Os nossos jovens atletas efetuaram um bom primeiro período, demonstrando um grande empenho, terminando o mesmo com uma desvantagem de 8 pontos. Porém, no segundo período, a enorme diferença física entre as duas equipas fez com que a vantagem ao intervalo já fosse de 32 pontos, fruto, sobretudo, da enorme vantagem que a equipa da casa demonstrava nas tabelas, o que lhes permitia segundos, terceiros e quartos lançamentos no mesmo ataque.

Com o maior cansaço resultante do facto de só termos 7 atletas, e o desnível físico, a vantagem foi-se avolumando, terminando o jogo com uma vitória por 100-16 para a equipa visitada. No entanto, deve ser referido que o empenho dos nossos jovens nunca diminuiu, o que fez com que deixassem uma bela imagem de si mesmos.

Foi em ambiente de festa que terminou a partida, resultado natural da excelente atitude de todos os intervenientes.

 

 

 

 

 

 

Neste domingo, 10 de dezembro, os nossos atletas mais jovens participaram no terceiro convívio da atual temporada. Desta feita fomos a Faro, onde tivemos a sorte de participar na festa de Natal organizada pelos Bonjoanenses.

Sendo um domingo, os nossos atletas tiveram o prazer de ter a assistir nas bancadas muitos familiares, tendo presenteado os mesmos com um bom basquetebol, muito aguerrido, arrancando muitos aplausos da bancada.

Para além da equipa da casa, tivemos ainda o prazer de jogar com os nossos amigos do Ginásio, bem como defrontar, pela primeira vez esta época, os nossos companheiros do CBA.

Levamos oito atletas ao convívio, dois dos quais mini-8, tendo todos jogados pela equipa mini-10. Deste modo, o Guilherme e o Bernardo tiveram de efetuar um esforço extra, tendo o último jogado, pela primeira vez, neste escalão-.

Concluindo, foi um convívio excelente, com muitas atividades interessantes, bom basquetebol, contando, inclusivamente, com a presença do Pai Natal!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ontem, 9 de dezembro, uma semana após viajarem até Ferragudo, os nossos mini12 voltaram a viajar até o Barlavento Algarvio, desta feita para defrontar o Portimonense.

Sabíamos de antemão que seria um jogo difícil para as nossas cores, tendo em conta que o nosso adversário tinha vencido todos os jogos efetuados, e todos de forma inequívoca, à exceção de um. Deste modo, seria necessário um super-Tavira para contrariar o maior favoritismo da equipa da casa.

Perante este cenário, os nossos minis responderam com uma enorme determinação, discutindo o jogo até onde foi possível. Para tal, defenderam de forma aguerrida, não permitindo cestos fáceis para a equipa da casa. Do mesmo modo, o Portimonense defendeu de forma intensa, dificultando muito o nosso desenvolvimento ofensivo. Para desequilibrar, a maior estatura das jogadoras da casa deu-lhes uma vantagem considerável nas tabelas, o que lhes permitiu segundas e terceiras oportunidades de lançamento no seu ataque.

Em termos de marcha do marcador, assistimos a um jogo equilibrado, com uma ligeira vantagem para a equipa da casa, sempre inferior a 10 pontos durante os primeiros quatro períodos. No quinto período, o Portimonense jogou muito forte, sobretudo na tabela ofensiva, conseguindo aumentar a vantagem de modo a entrar no último período a vencer por 16 pontos. No último período, os nossos bravos atletas ainda tentaram recuperar, não conseguindo, porém, diminuir a desvantagem para menos de 11 pontos. No final, o marcador assinalava uma vitória da equipa da casa por 36-23.

Por fim, devemos dizer que fomos muito bem recebidos em Portimão, onde ficou provado que se pode jogar de modo bastante intenso e físico, mantendo-se o companheirismo desportivo e o respeito por todos os intervenientes. Todos os atletas participantes estão de parabéns e, em particular, os nossos provaram ser merecedores de todo o carinho que a sua claque lhes tem transmitido, claque essa que não passa despercebida em nenhum pavilhão, pelas melhores razões.

 

 

 

 

Ontem, 2 de dezembro, os nossos mini12 viajaram até Ferragudo para defrontar a equipa local.

Um mau início e um mau final ditaram a derrota, num jogo em que demonstraram estar ao nível do seu valoroso adversário.

A equipa entrou mal no primeiro período, onde uma recuperação defensiva pouco eficaz permitiu vários cestos fáceis em contra-ataque, levando a que a equipa da casa terminasse o período inicial com uma vantagem de 14-0.

O maior acerto defensivo e a bravura dos nossos miniatletas permitiu que a equipa, nos dois períodos seguintes, não sofresse qualquer ponto, indo para intervalo com uma desvantagem de apenas dois pontos.

Após o intervalo, a equipa da casa entrou com vontade de resolver o desafio, porém, os nossos jovens responderam com determinação, fazendo com que o jogo fosse para o último período com a diferença mínima para os da casa.

Com o jogo totalmente em aberto, o último período foi o oposto do que se tinha visto até então. Tudo correu bem para a equipa da casa e, pelo contrário, nada correu bem para as nossas cores, falhando cestos fáceis e surgindo distrações na defesa, que a equipa da casa soube aproveitar, vencendo esse último parcial por uns inesperados 20-0.

Está de parabéns a equipa da casa pela vitória obtida. Estão de parabéns os nossos atletas que deram uma excelente imagem do nossos basquetebol, bem como demonstraram um empenho excecional. E estão de parabéns as duas claques, que abrilhantaram o excelente espetáculo que se assistiu.

 

Apresentamos a 1.ª edição do CEST’ONLINE - as notícias do CBT.

 

f