Este sábado de manhã, os nossos mini-atletas foram até Vila Real de Santo António participar no seu sétimo convívio da atual temporada, uma semana após a ida a Olhão. Estão de parabéns os pais dos atletas, que prescindem do seu descanso em muitas manhãs de sábado para proporcionar aos seus filhos bons momentos desportivos com os seus amigos.

Foi um convívio com mais três clubes, participando, para além da equipa da casa (Juventude), o Farense e o Quarteira Tubarões. Tivemos ainda a presença da Fundação Real Madrid, sediada em Vila Real.

Os nossos atletas exibiram um basquetebol agradável e competitivo, resultado do muito tempo de jogo em convívios que lhes tem sido possibilitado. Para além dos jogos, as equipas puderam ainda participar em alguns concursos técnicos, incluindo o "jogo do elimina" onde os pais também participaram.

Por fim, devemos assinalar a estreia absoluta em convívios da Catarina Horta, que esteve muito bem.

Daqui a duas semanas, no dia 25, teremos o prazer de ter um convívio na nossa casa, no Pavilhão Dr. Eduardo Mansinho.

 

Na manhã do passado sábado, recebemos a equipa feminina do CBA.

Fizemos uma boa entrada em jogo, mas os 2.º e 3.º períodos foram complicados, pois desconcentramo-nos, e chegámos ao intervalo com uma desvantagem considerável.

Corrigimos a atitude e vencemos a 2.ª parte, o que, porém, não foi suficiente para obtermos a vitória final, perdendo por 33-56.

 

Hoje de manhã, os nossos atletas mais novos foram a Olhão participar num convívio de minibásquete realizado e organizado pelo Colégio Bernardette Romeira.

Foi um convívio agradável, bem organizado, com um número de jogos perfeito, onde os nossos atletas tiveram sempre muita atividade, mas sem ser demasiado cansativo.

Para além da nossa presença e da equipa da casa, tiveram ainda os clubes Ginásio C.O., Quarteira Tubarões e Juventude B.C..

Os nossos atletas exibiram um basquetebol de bom nível, muito aguerridos, tendo ainda a felicidade de assistir à estreia do Gil Guilherme este ano, bem como a estreia absoluta da Rita Bartolomeu.

Se tudo correr como previsto, para a semana iremos a Vila Real de Santo António, estar com os nossos amigos do Juventude.

 

Na manhã do passado sábado, os nossos mini12 visitaram Portimão para jogar com a sua equipa feminina.

Uma entrada desconcentrada e apática fez disparar o marcador em favor da equipa visitada mas, pouco a pouco, fomo-nos aproximando do marcador com o decorrer dos períodos seguintes. No entanto, nos 5.º e 6.º períodos, vimos a recuperação esfumar-se na nossa débil condição física.

Força rapaziada, podemos fazer muito melhor!

O resultado final ficou 50-25.

 

Na manhã de sábado, depois do jogo das sub16, foi a vez dos mini12 jogarem com a equipa feminina do Imortal.

Entramos bem no jogo, dominando o 1.º período e construindo uma vantagem de nove pontos, vantagem escassa relativamente ao domínio demonstrado.

No 2.º período, a equipa adversária reagiu, entrando mais agressiva e concentrada, obrigando a nossa equipa a cometer erros, conseguindo diminuir a nossa vantagem para um ponto.

A partir desse momento o equilíbrio foi a nota dominante, até ao fim do jogo, tendo a vitória sorrido à equipa visitante, atleticamente mais forte.

O resultado final ficou 32-36.

 

Na manhã de sábado, iríamos defrontar os Tubarões, na última jornada do campeonato regional mas, por falta de atletas, não puderam comparecer.

Aproveitamos para fazer um jogo muito intenso e proveitoso, dividindo as atletas em duas equipas onde a incerteza no marcador se manteve até ao fim.

 

No último jogo da fase regular do Campeonato Regional de Sub.18 M, a nossa equipa deslocou-se a Portimão, para defrontar a sua congénere local. Num jogo que era de vital importância para as duas equipas, já que ambas acalentavam o sonho do apuramento para Final 4, os nossos atletas encararam o jogo com uma seriedade e concentração competitiva como não víamos há muito tempo.

Após um 1.º período onde a nossa superioridade não esteve em causa, no 2.º período assistimos a uma recuperação do adversário, fruto de uma defesa zonal 1-3-1, perante a qual denotamos alguma dificuldade. Depois de ultrapassadas essa mesmas dificuldades, demonstramos efectivamente que éramos uma equipa candidata.

De realçar a excelente arbitragem da dupla Filipe Abreu / Tiago Alegre.

Para a história fica a vitória das nossas cores por 43-58.

 

Na tarde de sábado vistamos Albufeira, no pavilhão da Escola Secundaria de Albufeira, onde jogamos pela primeira vez com o piso novo, que melhora as condições de jogo de todos os intervenientes.

No 1.º período assistiu-se um jogo "taco a taco", tendo o resultado acabado empatado. Porém, no 2.º período, o CBA foi superior, causando-nos dificuldades que não conseguimos ultrapassar.

Na 2.ª parte alternamos o bom com o menos bom, sempre a lutar por um resultado melhor.

No final, vitória da equipa da casa por 44-22.

 

Na manhã de sábado iniciamos em Ferragudo, perante a sua equipa feminina, a participação na Taça Algarve.

Demoramos a conseguir entrar no jogo, perante uma defesa pressionante e que chega a fazer 3x1 ao portador da bola, mas depois do intervalo viemos com outra atitude defensiva, o que nos permitiu aproximar no marcador.

Nos minutos finais fomos mais felizes, conseguindo fechar os caminhos para o cesto e garantindo uma vitória por 42-43.

Parabéns meninas e meninos.

 

Este sábado os nossos mini 8/10 foram a Albufeira, algo que há muitos anos não acontecia.

Num convívio onde estiveram muitas equipas (para além da nossa presença e da equipa da casa, tiveram Ginásio C.O., G.D. Lagoa, C.F. "OS Bonjoanenses" e C.B.Q. Tubarões), foi cansativo, mas lucrou-se muito basquetebolisticamente. Os nossos miniatletas tiveram a oportunidade de jogar com muitos adversários de diferentes características, onde o bom ambiente competitivo e a boa disposição foi a tónica dominante.

Deve ser assinalada a estreia da Raquel, que deu muito boa conta de si.

Por fim, deixamos um agradecimento aos pais presentes, que colaboraram no transporte dos atletas, permitindo a nossa presença neste evento.

 

Na receção à equipa da capital algarvia, uma equipa que ainda ambiciona o apuramento para a Final 4, a nossa jovem equipa acusou a responsabilidade do jogo e, apesar da entrega de todos os atletas, assistiu-se a um encontro equilibrado onde a sorte do jogo caiu para a equipa que cometeu menos erros.

Apesar do resultado negativo o CB Tavira encontra-se na discussão pelo apuramento para a Final 4, conjuntamente com outras 3 equipas.

Para a história fica o resultado final 66-74.

 

Na tarde de sábado recebemos o Juventude, menos de 24 horas após termos jogado em Olhão.

No 1.º período entramos relativamente bem e estivemos em vantagem, mas as adversarias reagiram e acabaram melhor o período.

No 2.º período alternamos o bom com o menos bom, chegando ao intervalo em desvantagem, mas que era recuperável.

Não nos correram bem as coisas no 3.º período onde acusamos o cansaço, acontecendo o mesmo no 4.º período, onde lutamos por uma aproximação no resultado, mas o cansaço e o acumular de faltas cometidas levaram a que algumas das nossas atletas tivessem que sair do jogo.

O resultado final 30-63 é enganador e não revela algum do equilíbrio de valores entre as equipas.

 

Na noite de Reis, as sub16 visitaram Olhão para um jogo com o Ginásio Olhanense que estava em atraso.

No 1.º período fomos superiores, alicerçados numa defesa pressionante, porém, no 2.º período, a nossa defesa não foi tão eficaz e não tivemos paciência para atacar a defesa fechada apresentada pelas adversárias.

No 3.º período não entramos muito bem, mas corrigimos e mostramos a nossa superioridade.

Por fim, no derradeiro período, fomos gerindo a utilização das nossas atletas para que todas pudessem jogar muito tempo e o resultado fixou-se num 29-45 para as nossas cores.

 

No último jogo de 2016, a nossa equipa de sub18 M visitou Faro para defrontar a equipa do CF Bonjoanenses, última classificada do Campeonato Regional.

Apesar da diferença existente entre as duas equipas, encaramos o jogo com muita seriedade. A nossa superioridade nunca esteve em causa, mesmo rodando todos os nossos jogadores.

De referir a estreia nestas andanças do nosso jogador Igor Rodrigues.

O resultado final ficou em 38-75.

 

f