Na manhã de sábado, os nossos mini12 receberam uma equipa de Quarteira bem organizada e com atletas bons tecnicamente para este escalão.

Na equipa da casa, assinalava-se a estreia do Abílio no banco, ainda a conhecer o grupo de atletas com que trabalha.

No primeiro período deu logo para ver que o jogo tinha tudo para ser equilibrado, de acordo com os valores das duas equipas, e a ligeira vantagem da equipa da casa no fim desse período espelhava esse facto. No entanto, a opção por uma equipa menos experiente no segundo período, levou a que a equipa de Quarteira construísse uma vantagem de dois dígitos, o que obrigou a que a equipa de Tavira passasse a ter de trabalhar muito para voltar à discussão da vitória.

Nos três períodos seguintes, o equilíbrio manteve-se, com ligeira vantagem para os nossos jovens, que entraram no último período a perder por 15 pontos. Porém, como o mais importante neste escalão não é o resultado, mas que todos possam participar o máximo de tempo possível, no último período continuaram-se a dividir os minutos de jogo entre os diversos atletas, mantendo a mesma toada de equilíbrio à imagem dos restantes períodos, à exceção do segundo.

Para a história fica a vitória da equipa visitante por 41-62.

 

Na tarde de domingo, as nossas jovens atletas disputaram um jogo intenso na Vila, com o Juventude.

A 1.ª parte teve alguns momentos de basquetebol, mas teve igualmente momentos onde valeu tudo, o que não ajuda na evolução das atletas.

Na 2.ª parte arregaçamos as mangas e mostramos que sabemos jogar bom basquetebol.

Para a história fica a vitória do Juventude por 44-28.

 

Neste sábado, recebendo a equipa do CF "Os Bonjoanenses", após um jogo muito intenso, quer do ponto físico, quer do ponto emocional, efetuado na véspera, denotámos algum cansaço, o que motivou algum equilíbrio no 1.º período.

Nos períodos seguintes, a nossa superioridade, quer técnica, quer individual, quer coletiva, permitiu-nos adquirir uma vantagem confortável que permitiu que todos os nossos atletas participassem no jogo.

O resultado final fixou-se em 68-33.

 

Na passado sábado, os mais pequeninos do CBT foram a Olhão, nomeadamente ao pavilhão do Ginásio, participar no primeiro convívio de minibásquete da presente temporada.

A nossa participação esteve em risco até dois dias antes da realização do convívio, visto poucos atletas estarem disponíveis para a participação no mesmo. Porém, com seis atletas desejosos em participar, foi possível a nossa presença, mesmo que fosse somente no escalão mini10.

Infelizmente, na manhã do convívio um dos atletas acordou doente, o que obrigou a um esforço extra da equipa, que apareceu em Olhão com uma mini10 de 2.º ano (Inês), três mini10 de 1.º ano (Francisco, Rafael e Ricardo), e um mini8 (Guilherme) que se viu obrigado a jogar com os maiores, portando-se muito bem, após o nervosismo inicial.

Apesar do esforço enorme que tiveram de fazer, resultado do diminuto número de atletas que não permitia o descanso necessário, os nossos mini-atletas tiveram muito bem, fazendo bons jogos perante os seus amigos do Ginásio, Quarteira Tubarões e Colégio Bernardette Romeira.

No dia 19 do presente mês é a vez de sermos nós a organizar um convívio no Pavilhão Dr. Eduardo Mansinho. Esperemos na altura que todos os nossos atletas possam estar presentes e desfrutar de uma excelente manhã desportiva.

 

Na noite de sexta-feira, na receção à equipa do Imortal BC, recente vice-campeão da Taça Nacional de Sub.16, os nossos atletas entregaram-se de corpo e alma para obter uma vitória, de modo a continuarmos na mira da Final 4.

Após uma entrada forte, onde conseguimos um parcial de 7-0, a equipa adversária conseguiu equilibrar a contenda, assistindo-se a um jogo equilibrado onde as alternâncias no marcador eram constantes.

Nos minutos finais demonstrámos alguma serenidade graças à vantagem conseguida, obtendo uma vitória por 67-62.

 

Na tarde de sábado, perante algum animado público, as nossas jovens receberam as colegas de Olhão e disputaram um jogo muito intenso e disputado.

Na 1.ª parte prevaleceu o equilíbrio, mas na 2.ª parte as tavirenses controlaram o jogo, impondo-se no ataque e na defesa, onde percebemos melhor o jogo.

Parabéns meninas!

O resultado final fixou-se em 46-31.

 

Com uma equipa condicionada com várias ausências, a nossa equipa de sub18 M apresentou-se em Ferragudo somente com 5 elementos.

Com uma entrada no 1.º período demasiado nervosa, não conseguimos estancar as investidas da equipa adversária. No 2.º período retificámos posicionamento e atitude, e passamos para a frente do marcador.

No regresso do balneário, a equipa adversária apresentou uma defesa demasiado agressiva, a roçar a violência, até ao ponto do nosso atleta Henrique (suturado com 4 pontos) ter sido vítima de uma bárbara agressão que não foi devidamente sancionada pela equipa de arbitragem. A partir do momento que ficámos a jogar com 4 elementos, a equipa cerrou fileiras mas, em inferioridade numérica, não conseguimos contrariar o adversário.

Jogaram e marcaram: 8 - Ricardo; 11 - Rodrigo (22 pts); 12 - Henrique (22 pts); 14 - Francisco (4 pts); e 16 - Vasco (6 pts).

O resultado final fixou-se em 63-54, com os parciais 19x11, 9x21, 16x6 e 19x16.

Para a semana a equipa fará a sua estreia em casa, com dois jogos: sexta, 04/11, com o Imortal (21:45); e sábado, 05/11, com os Bonjoanenses (19:00). Os jogos realizar-se-ão no Pavilhão Municipal de Tavira.

 

Na manhã deste sábado, os nossos mini12 iniciaram oficialmente a época, frente a uma equipa do Juventude a dar os seus primeiros passos, mas muito aguerrida.

Foi com alegria que nos 12 escolhidos vimos novamente o Mateus, após uma paragem de um ano, e sete atletas que na época passada jogavam no escalão mini10.

Uma entrada muito forte, com uma defesa muito pressionante e com um ataque impulsionado pela excelente prestação dos mini12 de segundo ano, Bernardo, Rodrigo e Sara, permitiu aos nossos atletas construir uma diferença de 14 pontos após os dois primeiros períodos.

Com o ultrapassar do nervosismo inicial por parte dos nossos atletas mais jovens, que faziam a sua estreia neste escalão, o domínio da nossa equipa foi-se intensificando, permitindo a construção de uma vitória por 65-29.

De registar a presença nas bancadas de muitos familiares dos atletas das duas equipas, que tornou o jogo num espetáculo muito agradável. A todos eles o nosso obrigado.

 

No passado domingo, os nossos sub18 deslocaram-se a Albufeira para defrontar o CBA, uma equipa mais experiente que a nossa e candidata ao titulo regional.

Após um 1.º período equilibrado, denotamos algum cansaço o que nos levou a cometer demasiados erros no 2.º período. De regresso dos balneários, conseguimos retificar a nossa imagem e com outra postura em campo vencemos a 2.ª parte, o que, no entanto, não foi o suficiente para ganharmos o jogo.

No final o marcador registava 49-31.

 

Na tarde de sábado, 22/10, as nossas jovens receberam o Farense. Até ao intervalo deram um ar da sua graça, obrigando as adversárias a pôr a bola nas atletas mais esclarecidas ofensivamente.

No 3.º período fizemos 6 minutos de qualidade, mas o desgaste físico por jogar com equipa atleticamente forte e o acumular de fadiga, não permitiram fazer melhor.

No último período deve-se realçar os últimos 3 minutos onde só sofremos 2 pontos.

No final o marcador assinalava um exagerado 28-65.

Excelente entrega das nossas atletas que deram o que tinham por um resultado melhor.

 

De visita a Olhão para defrontar a equipa do Ginásio, atual campeão em titulo e uma das mais fortes candidatas ao mesmo esta época, a nossa jovem equipa equilibrou o jogo durante a 1.ª parte, chegando ao intervalo a perder por uns meros 5 pontos.

No reatamento, uma entrada apática e demasiados erros defensivos e ofensivos, originaram diversos pontos em contra-ataque, permitindo que a equipa adversária disparasse no marcador.

No ultimo período conseguimos minorar a diferença pontual, equilibrando o jogo. Ficamos, no entanto, com a sensação de que, se não cometermos tantos erros, temos equipa para ombrear com as melhores do campeonato.

O resultado final foi uma vitória caseira por 82-57.

 

Na tarde de sábado, as sub16 defrontaram o Portimonense em jogo da 2.ª jornada do campeonato regional. Os primeiros minutos de jogos foram equilibrados, mas depois as visitadas impuseram o seu jogo até ao final do 1.º período.

No 2.º período corrigimos algumas coisas e vencemos o mesmo, chegando ao intervalo com 15 pontos de desvantagem.

No 3.º período chegamos a estar a menos de 10 pontos, mas algumas bolas não queriam entrar o que não nos permitiu aproximar ainda mais no marcador como pretendíamos.

No derradeiro período o jogo foi extremamente equilibrado.

No final registava-se uma vitória caseira por 46-27.

 

Na tarde de sábado, as nossas jovens atletas receberam o Ferragudo na 1.ª jornada do campeonato regional, naquilo que foi um jogo muito equilibrado.

No primeiro período fomos superiores e merecíamos tê-lo acabado com uma maior diferença pontual. No segundo, a equipa visitante entrou melhor, mas uma excelente reação permitiu-nos empatar o jogo, resultado que se registava ao intervalo.

Nos derradeiros minutos, muitas alternâncias no resultado geraram uns últimos minutos de grande suspense no pavilhão, mas no final o Ferragudo foi mais feliz, vencendo por 48-50, num jogo onde as nossas atletas deram tudo o que tinham.

 

Na jornada inaugural do Campeonato Regional de Sub18 M, a nossa equipa deslocou-se a Quarteira, num recinto tradicionalmente difícil para as nossas cores.

Com um bom desempenho defensivo no 1.º período, onde sofremos somente 4 pontos, e com uma boa eficácia ofensiva, construímos uma boa vantagem no marcador. Nos períodos seguintes conseguimos controlar o jogo apesar de algumas desatenções defensivas, originando alguns pontos fáceis para a equipa adversária.

O resultado final ficou em 36-86 para os nossos rapazes.

Jogaram e marcaram: 00-Nunes (16 pts); 6-Rodrigo (7 pts); 12-Ricardo (2 pts); 17-Vasco (6 pts); 24-Francisco; 25-Ian (8 pts); 30-Romão (33 pts); 31-Pedro (6 pts); e 69-Diogo (8 pts).

O próximo jogo será em Olhão perante o Ginásio.

 

f